Linkedin Bioclin Instagram Bioclin Bioclin ONCAST Podcast

Coagulopatia

Hemostasia é a resposta fisiológica normal, que previne a perda significativa de sangue após um dano vascular. Sempre que ocorre o rompimento de um vaso sanguíneo, o organismo atua de maneira a conter esse sangramento através de espasmo vascular, tampão plaquetário, coagulação do sangue e crescimento de tecido fibroso na região do coágulo com o intuito de fechar o vaso de modo permanente.

A coagulação sanguínea, em condições normais, acontece sempre que um vaso se rompe e ocorre o sangramento. Forma-se, dentro de poucos minutos,  um coágulo no local da ruptura, fazendo-se cessar esse sangramento. Essa coagulação é desencadeada por diversas reações químicas, envolvendo principalmente um grupo específico de proteínas plasmáticas, denominadas fatores de coagulação.

A existência de qualquer distúrbio desse processo de coagulação sanguínea denomina-se coagulopatia.

 

A Bioclin oferece ao mercado três kits para avaliação das coagulopatias:

  • O TP Bioclin avalia a via extrínseca e comum da cascata de coagulação (fatores VII, X, V, protrombina e fibrinogênio). É também usado para monitorar o uso de anticoagulantes orais como a Warfarina. Os reagentes são prontos para uso, o que elimina possibilidade de erros de preparo.
  • O TTPA Bioclin avalia a via intrínseca e comum da cascata de coagulação (pré-calicreína, cininogênio de alto peso molecular, fatores XII, XI, IX, VIII, X, V, protrombina e fibrinogênio). É também usado para monitorar o uso de anticoagulação com heparina. Seus reagentes também são prontos para uso.
  • O Fibrinogênio utiliza a metodologia de Clauss e os reagentes também são líquidos e prontos para uso. O kit é acompanhado de Plasma Referência liofilizado. Sua dosagem é clinicamente importante nas hipofibrinogenemias, nas disfibrinogenemias, nas hepatopatias e na CIVD.

 

Para mais informações entre em contato com o SAC através do 0800 031 5454.